Viva a Parrilla!

Viva a Parrilla!

Tradicional churrasco argentino ganha espaço para degustação em Joinville.

184
0
COMPARTILHE

Proporcionar aos convidados um momento de socialização com direito a apreciar todas as etapas de preparação da refeição. Essa é a tradição da Parrilla, o churrasco tipicamente argentino, que abrange todo o acompanhamento do preparo da carne.

Nesse tipo de assado, as peças da carne e acompanhamentos como queijos e legumes, ficam expostas na superfície da grelha, sobre uma única fonte de fogo aberto. Esse tipo de refeição é ideal para quem gosta de receber os amigos e familiares e mantê-los perto do fogo para um bate-papo até que tudo esteja pronto.

História

Diz-se que a parrilla foi desenvolvida quando um barão resolveu colocar uma cerca em torno de um “château”, mas o ferreiro errou no cálculo das medidas para as grades. Sendo assim, o proprietário do imóvel se recusou a pagar pelo excesso de ferro e, por vingança, o ferreiro teria usado o excesso como uma grelha de apoio para cozinhar carne na frente do castelo. O aroma teria enlouquecido o nobre a ponto de ele desembolsar duas moedas de ouro para ter a grelha.

Churrasco brasileiro x Parrilla argentina

Qual a principal diferença entre o nosso churrasco e a parrila argentina? As duas iguarias são parecidas, mas têm características divergentes. A primeira, geralmente preparada com a carne no espeto e assada no carvão, é na maioria das casas brasileiras servida com arroz, farofa, vinagrete, mandioca cozida e pão de alho, o que, segundo os apaixonados pela parrilla, tira o foco da carne. Já o preparado dos hermanos, além de ser assado em local diferente à churrasqueira, ainda vai à mesa com poucas guarnições.

Em resumo, a diferença primordial entre os dois pratos está na forma em que são assados. No Brasil, churrasqueira é quase sempre montada com um buraco no meio, onde será acomodado o carvão. Já a parrilla é esquentada com brasas de lenha dura e a carne é assada numa grelha, em espécie de bifes de diferentes espessuras. Deste modo, a gordura pinga na brasa promovendo fumaça e a carne temperada aos poucos sem a necessidade do uso do carvão.

Parrilla joinvilense

Inspirado nos churrascos uruguaio e argentino, mas com a irreverência e criatividade do churrasco brasileiro, um novo modelo de negócio ganha espaço na tradicional área de eventos sociais e corporativos em Joinville.

Chega à cidade o Empório Otto – Parrilla, aposta dos empresários Edinei Engels e Ana Rita que tem o intuito de oferecer aos seus clientes a socialização no espaço próximo do calor da brasa. “O churrasco é a forma mais primitiva de cozimento dos alimentos. Ao dominar o fogo nos tornamos humanos e aprendemos a socializar e nos relacionar uns com os outros. Esse ritual antigo é a nossa forma de resgatar a sensação de troca, proteção e cuidado. O churrasco é uma gastronomia única de celebração e informalidade”, afirma Engels.

Espaço diferenciado

Ana Rita aponta a versatilidade do novo espaço como destaque para quem prestigiá-lo.” Nossa proposta é reunir em único ambiente uma boutique de carnes nobres, adega, delicatessen, fiambreria e espaço gourmet, que conta com uma Parrilla no estilo Argentino para degustações, happy hour e eventos”, explica

Além do ambiente social, o Empório Otto – Parrilla tem como diferenciais os ingredientes que incluem cortes selecionados de carne premium, tendo o gado Angus como o carro-chefe da operação. No açougue também estarão disponíveis cortes das raças Wagyu 100% e futuramente peças importadas da Argentina, Uruguai, Estados Unidos e Austrália.

O Espaço conta também com um espaço kids, o Otto Kids para que os pais possam apreciar o corte de carne especial acompanhado de um bom vinho sem precisar se preocupar em onde deixar os pequenos”

Na área de armazém os clientes ainda encontrarão opções de presentes, boutique de carnes nobres, vinhos, queijos e cestas para presente.

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

*